Carreira de Joaquin Phoenix foi desastrosa em 2023

Após ter ganhado o primeiro Oscar de sua carreira com Coringa, o nome de Joaquin Phoenix foi elevado ao sucesso absoluto, construindo uma reputação sólida em volta do nome do ator novamente. Com isso, seus projetos futuros tornaram-se muito aguardados pelo público.

Quando anunciado que, em 2023, o ator trabalharia ao lado de nomes como Ari Aster e Ridley Scott, as expectativas foram elevadas ao máximo. Entretanto, conforme os filmes foram lançados, a espera tornou-se decepção com ambas as produções ficando aquém das expectativas.

Em abril deste ano, Beau Tem Medo foi lançado com a promessa de ser o mais novo projeto do diretor de Hereditário e Midsommar com Phoenix como o protagonista, portanto, esperava-se um grande feito. Porém, o filme causou divisão na crítica, além de arrecadar uma bilheteria modesta de US$ 11,5 milhões.

Napoleão que, além de ter Phoenix no papel do comandante francês, traz ainda Ridley Scott de volta aos dramas históricos, vem se saindo um pouco melhor nas bilheterias, arrecadando por volta de US$ 78,8 milhões até o momento, mas também vem conquistando críticas mistas e notas medianas.

image 229

Todavia, diferente de Beau Tem Medo, Napoleão ainda tem uma chance de não ser um fracasso econômico, pois as sequências de batalha, a narrativa e as performances do filme foram bastante elogiadas. Mas isso ainda não melhora a situação do ator em 2023, podendo afetar as expectativas do próximo ano.

Coringa 2 pode salvar Joaquin Phoenix?

Conforme citado anteriormente, Coringa, de Todd Phillips rendeu ao ator seu primeiro Oscar, e com uma sequência do filme com data de estreia marcada para 2024, gera-se a dúvida se o projeto pode melhorar a imagem de Joaquin Phoenix com a crítica e o público.

Afinal, o primeiro filme da franquia não só premiou o ator e conquistou uma legião de fãs como também rendeu números muito expressivos de bilheteria, mesmo sendo voltado para o público adulto. Por outro lado, em sites agregadores de crítica como o Rotten Tomatoes, a pontuação do longa de 2019 é de 69%.

Mas esta é a opinião na crítica. Com o público, as notas se sobressaem, estando por volta de 88%, mostrando que o filme possui uma força maior com a audiência. Isso significa que Coringa: Folie à Deux possui grandes chances de ultrapassar os projetos de 2023 com os quais o ator se envolveu.

Apesar de nem todos os projetos com os quais se envolvem serem hits de bilheteria, Phoenix já provou por diversas vezes ser um ótimo ator, tendo em seu currículo obras como Gladiador, Ela e O Mestre. Portanto, o astro ainda deve surpreender muito a audiência em sua carreira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.