Billboard elege os 10 melhores álbuns de 2023

O mês de dezembro é sinônimo de duas coisas: Natal e retrospectivas do ano. O ano ainda não acabou, mas a Billboard lançou recentemente sua lista dos melhores álbuns de 2023, escolhidos pela equipe da revista. Confira os dez primeiros colocados:

10. “Snow Angel”, de Renée Rapp

Mais conhecida por interpretar a Regina George na versão musical da Broadway de “As Malvadas” (ela também vai viver a personagem no novo filme), Renée lançou seu elogiado primeiro disco este ano. Para a Billboard, o álbum mostra a versatilidade da cantora de 23 anos como compositora, sem tirar o brilho dos seus vocais poderosos.

9. “Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd”, de Lana Del Rey

lana del rey
Imagem: Polydor Records

Lana Del Rey e o produtor Jack Antonoff se juntaram mais uma vez para esse álbum, que é um dos mais vulneráveis da carreira de Lana, ainda cheio das letras complexas que caracterizam a artista. O disco está concorrendo a Álbum do Ano no Grammy 2024.

8. “Let’s Start Here”, de Lil Yachty

O rapper decidiu mostrar um outro lado de si mesmo neste álbum, que traz influências marcantes do rock psicodélico dos anos 70, ainda com o senso melódico marcante de Lil Yachty. A revista elege a faixa “Running Out of Time” como um dos destaques do álbum.

7. “Scarlet”, de Doja Cat

Em meio a várias polêmicas durante o ano, em sua carreira musical, Doja Cat se afastou do pop que marcou seus últimos trabalhos e apostou em um disco mais rap e mais sombrio, cheio de letras sobre sua imagem pública. Ainda assim, o álbum rendeu um dos maiores hits da carreira de Doja, com a música “Paint the Town Red”.

6. “Mañana Será Bonito”, de Karol G

A colombiana se tornou a segunda artista da história – e a primeira mulher – a colocar um álbum em espanhol no top da Billboard 200. Para a Billboard, o quarto disco da cantora mostra suas diversas facetas com uma paleta de reggaeton e eletrônica ousada e letras relacionáveis e sofisticadas.

5. “Jaguar II”, de Victoria Monét

victoria monét
Imagem: Lovett Music

Victoria Monét já era um nome conhecido dos bastidores do pop há anos, tendo escrito hits para nomes como Ariana Grande e Selena Gomez, mas seu disco de estreia pode ser o primeiro passo para sua carreira como cantora realmente deslanchar. Ela está concorrendo em oito categorias no Grammy 2024, incluindo Artista Revelação.

4. “Zach Bryan”, de Zach Bryan

O artista country continua com sua mistura de rock, folk e country em um álbum que conseguiu superar o sucesso do seu trabalho anterior (“American Heartbreak”), além de lhe render um dos grandes hits do ano nos EUA: “I Remember Everything”, parceria com Kacey Musgraves.

3. “Something to Give Each Other”, de Troye Sivan

O australiano lançou um álbum cheio de músicas sensuais perfeitas para a pista de dança, com singles de sucesso, como “Rush” e “One of Your Girls”.

2. “The Record”, de Boygenius

As estrelas do indie rock Phoebe Bridgers, Julien Baker e Lucy Dacus uniram forças na banda Boygenius e já chegaram com tudo com o disco de estreia “The Record”, que está concorrendo a seis Grammys, incluindo Álbum do Ano.

1. “GUTS”, de Olivia Rodrigo

Depois de "vampire", Olivia Rodrigo lança segundo single do GUTS nesta sexta
Foto: reprodução/Twitter @oliviarodrigo

Após o sucesso estrondoso de “SOUR” (2021), havia muitas expectativas pelo segundo disco da cantora, que continuou se provando um fenômeno pop, com um disco cheio de angústia jovem e influência do pop rock dos anos 2000 e rock alternativo dos anos 90.

Continue acompanhando o Música e Cinema para ficar por dentro do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.