O Iluminado – Uma obra-prima do terror

O Iluminado (The Shining) é um filme lançado em 1980, dirigido por Stanley Kubrick (2001 – Uma Odisseia no Espaço) e baseado em um romance de Stephen King (Carrie, a Estranha). Estrelado por Jack Nicholson (Um Estranho no Ninho) e Shelley Duvall (Nashville).

O Iluminado – The Shining (1980)

Sinopse – O IluminadoDurante o inverno, um homem (Jack Nicholson) é contratado para ficar como vigia em um hotel no Colorado e vai para lá com a mulher (Shelley Duvall) e seu filho (Danny Lloyd). Porém, o contínuo isolamento começa a lhe causar problemas mentais sérios e ele vai se tornado cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo que seu filho passa a ter visões de acontecimentos ocorridos no passado, que também foram causados pelo isolamento excessivo.

Sobre O Iluminado

O Iluminado
Jack Nicholson, sempre impecável

Quando Stephen King escreveu o romance em 1977, nem ele imaginava a proporção imensa que sua adaptação cinematográfica teria nas mãos de Stanley Kubrick. Somente dois gênios da arte como eles, para produzir um filme tão impactante e digno de sucesso que ainda assustaria gerações mesmo décadas depois.

Stephen King dispensa apresentações, mestre na arte do medo e um dos maiores nomes do gênero terror, escrevi parte de sua extensa biografia aqui mesmo, no site. Stanley Kubrick é outro mito, um dos maiores cineastas da história do cinema e um dos diretores mais cultuados pelos amantes da sétima arte. Conseguiu a façanha de dirigir e produzir clássicos em vários gêneros de filmes; na ficção científica realizou 2001 – Uma Odisseia no Espaço; no drama, ele fez o épico Laranja Mecânica; no suspense, fez De Olhos Bem Fechados; e no terror, fez o filme que eu considero sua obra-prima, O Iluminado.

O Iluminado 2
A família Torrance, enquanto ainda eram felizes

Jack Torrance é um escritor de pouco sucesso contratado pelo Hotel Overlook para fazer a sua manutenção no período do inverno, onde o hotel fica isolado de todo o resto do mundo. Assim sendo, ele leva sua família para passarem cinco meses enclausurados no hotel, onde ele vê a oportunidade para terminar seu livro, já que tudo que ele procura é paz e sossego. Porém, não é bem assim.

Seu filho Danny, o Iluminado do título, possui uma rara habilidade que lembra uma espécie de poder psíquico. Se comunicar por pensamentos, ver algumas coisas que ainda acontecerão e coisas que já aconteceram no passado, são alguns exemplos do poder do garoto. E quando ele chega no hotel, percebe as forças malignas que residem naquele local e, pior ainda, percebe o quanto seu pai pode ser manipulado por tais forças.

O Iluminado 3
Danny Torrance, o Iluminado

Repleto de cenas inesquecíveis, o filme é uma aula de fazer cinema. O jogo de  câmera que Kubrick proporciona é perfeito, suas passagens pelo hotel e pelas localidades do terreno, foram um avanço para o cinema da época. A fotografia é brilhante, contrastando cores intensas do interior do hotel com as paisagens belíssimas das montanhas do Colorado. Mas os grandes triunfos do filme são dois: a trilha sonora memorável, que assusta como poucas até hoje conseguiram, com tanto êxito que só de deixar o som do filme rolando, já é possível notar a tensão incrível que ela passa.

E o outro triunfo do filme que mencionei, são as atuações. Shelley Duvall apesar de parecer um pouco forçada ás vezes, passa muito bem o terror e angustia que sua personagem vive. Danny Lloyd, apesar de muito novo, consegue ser surpreendente no papel de Danny Torrance, uma pena que sua vida no cinema se resumisse apenas a esse filme. E Jack Nicholson perfeito, a cara da demência e da loucura, leva o filme inteiro nas costas, impossível não concordar na sua genialidade como Jack Torrance.

O Iluminado 4
Você pode não ter visto o filme, mas já viu essa cena

Um filme que é cercado de teorias conspiratórias até hoje, topo de muitas listas de filmes de terror, O Iluminado é com certeza um marco na história do cinema. Um filme que não precisou de sangue, tripas ou cenas de horror para deixar multidões aterrorizadas. Apenas um pouco de loucura já basta.

 

Sobre Lucas Thurow

Cinéfilo, leitor, apreciador de boa música. Se arrisca em escrever algumas coisas de vez em quando.

Veja Também!

chamados2

Filmes de terror 2017 – datas e detalhes de 16 lançamentos imperdíveis

O ano de 2016 trouxe algumas novidades interessantes para os fãs de terror, no entanto, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *