Museu de Cera – Um Clássico do Horror de 1953

“House of Wax”, “Museu de Cera” no Brasil, é um filme de terror clássico de 1953, estrelado por Vincent Price. Foi um dos melhores filmes de terror da década de 50 e até hoje é uma das maiores referencias do gênero. É o primeiro remake de “The Mystery of the Wax Museum (O Mistério do Museu de Cera” de 1933, sendo que em 2005 foi lançado “House of Wax (A Casa de Cera)”, segundo remake.

Museu de Cera (House of Wax) – 1953

Sinopse de House of Wax: Henry Jarrod (Vincent Price) é um escultor que faz imagens magníficas para o seu museu de cera. Jarrod luta com seu sócio, Matthew Burke (Roy Roberts), quando este começa a incendiar o museu para receber US$ 25 mil do seguro. Jarrod tenta detê-lo em vão, sendo que logo o local todo se incendeia e é seguido por uma explosão, com Jarrod sendo considerado morto. Algum tempo depois, Matthew recebe o dinheiro do seguro e planeja viajar com Cathy Gray (Carolyn Jones), mas é morto por uma pessoa disforme, que na realidade é o próprio Jarrod, que simula o assassinato como se fosse suicídio. Pouco tempo depois, Jarrod mata Cathy Gray e rouba seu corpo do necrotério. Depois de algum tempo ele reaparece, dizendo que escapou por milagre. Quando Sue Allen (Phyllis Kirk), a colega de quarto de Cathy, vê a imagem de Joana D’Arc no museu, começa a suspeitar que é o corpo de Cathy coberto com cera.

museu de cera
Capa do DVD de “House of Wax”

Sobre Museu de Cera

Museu de Cera” foi o primeiro filme em 3D produzido pela Warner Brós sendo relançado nos anos 80 neste mesmo formato. O filme arrecadou US$ 5,5 milhões só nos EUA. Este filme é um dos destaques de Vincent Price, pois este recebeu críticas positivas quanto sua interpretação do vilão Henry Jarrod, no site Rotten Tomatoes o filme recebeu 94% de críticas positivas.
A cena do fogo no museu foi a que mais destacou a tecnologia 3D do filme, apesar do diretor André de Toth não perceber os efeitos por ser cego de um olho, mas para os fãs da época, não havia dúvidas de que a cena foi a mais aproveitada para o universo 3D do filme.

Para quem aprecia os filmes clássicos, sem dúvida irá gostar de “Museu de Cera” e do horror que é transmitido por Vincent Price.

museu de cera poster
Poster de “House of Wax”

 

Sobre Jackson Tavares

Admirador do cinema, aprecia todos os gêneros cinematográficos com objetivo de levar ao leitor o que há de melhor do assunto.

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *