Filme: Danilo Gentili fala sobre produção, Carlos Villagrán e trilha sonora

Autor do livro "Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola", humorista está coordenando a adaptação cinematográfica com o diretor Fabrício Bittar

Lançado em 2009, o livro “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” ganhará sua adaptação cinematográfica. O autor, Danilo Gentili, e o diretor, Fabrício Bittar, estão trabalhando desde 2012 no roteiro. Neste ano, durante as férias do programa The Noite, Gentili surpreendeu ao anunciar o ator Carlos Villagrán como antagonista.

Villagrán é famoso no Brasil por ter interpretado o personagem Quico no seriado Chaves, além de diversos outros, incluindo vilões, em O Chapolin Colorado. A equipe do Música e Cinema conversou com Gentili sobre a produção (áudio completo acima do título).

“Pra ser o vilão do filme cogitamos o Quico (Carlos Villagrán), pois a gente quer fazer um filme diferente, com uma cara diferente, as comédias nacionais estão sempre com a mesma cara e quisemos trazer alguém que fosse diferente. Estamos fazendo o filme que queríamos assistir com o ator que gostamos de assistir”

Danilo Gentili, Carlos Villagrán e Fabrícrio Bittar
Danilo Gentili, Carlos Villagrán e Fabrícrio Bittar

Outro fator importante que o apresentador destaca é a versatilidade de Villagrán, idolatrado por muitas gerações e no ar, com Chaves, desde a década de 80 no país.

“A ideia de trazer o Quico é que ele fala com muitas gerações, ele fala com a minha geração, com a geração depois da minha, com a minha mãe e ao mesmo tempo que ele mantem essa popularidade, ele é uma figura cultuada e também acho que todo mundo vai ter curiosidade para ver o filme. Acredito que ele é um trunfo, pois é uma figura cult”

Sobre o início do projeto, Gentili disse que foi procurado pelo diretor Fabrício Bittar, que já tinha a ideia de produzir um filme ambientado em uma escola.

“Até hoje tenho mesmo anotações de coisas que eu fazia na escola e transformei isso em livro, em um manual e ai o diretor Fabrício Bittar viu e entrou em contato comigo, disse que tinha uma ideia de fazer um filme de escola e o meu livro tinha muita coisa pra ser usada”

As filmagens devem iniciar em julho, sendo que o elenco de “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” já está sendo selecionado. Confirmado até agora, apenas Carlos Villagrán, que fará o papel de diretor da escola, uma figura que provavelmente lutará contra os planos dos jovens alunos. O ator, assim como Wagner Moura, em Narcos, terá que se adaptar ao idioma. Serão 4 meses de aulas de português.

Como_Se_Tornar_o_Pior_Aluno_da_Escola

Sobre a trilha sonora, revelou que a ideia é colocar rock dos anos 70 e 80, época em que os nostálgicos filmes da Sessão da Tarde, que inspiram a produção, estavam no auge.

“Vai ser a banda Calypso, depois vai ser só pagode (risos). Não, é o seguinte, eu e o Fabrício temos um gosto musical muito parecido e quando falamos no filme, pensamos nas mesmas músicas. Tem um teaser, que a gente apresentou na Comic Con, em que a música é do Twisted Sister, We’re Not Gonna Take It, que pode ser uma das principais do filme, então só por essa música você já vê qual é a pegada. A gente quer rock n’ roll dos anos 70 e 80”


Mais alguns assuntos que Gentili comentou:

Preconceito com filmes nacionais: “As vezes o preconceito que o filme nacional tem não é muito preconceito, é conceito, pois muitos, durante muito tempo, foram ruins mesmo e eu falo isso como consumidor, mas em compensação tem muito filme bom aparecendo”.

Como ser diferente no cinema brasileiro: Eu acho que na verdade a gente não está fazendo um filme muito pra agradar as pessoas, temos feito um filme que a gente gostaria de ver e eu tenho me pautado nisso em todas as coisas que eu faço.  Faço o programa que eu gostaria de assistir, fiz stand up por gostar e agora estamos fazendo um filme que eu gostava de ver quando era moleque. Um filme de Sessão da Tarde, a gente tem se inspirado em clássicos, queremos que as pessoas tenham aquela sensação que a gente tinha quando era moleque e assistia um daqueles filmes que hoje são clássicos. Era sempre um filme que te colava pra cima, que te divertia, então a gente está tendo essa sensação.

Críticos atacando pelo conteúdo do filme, como aconteceu com o livro: “Vai ser a parte legal, sentar e ver o que esses caras estão falando, eu vou me divertir muito”

Conciliar filme com outros projetos: Eu vou ter que conseguir, nem me pergunte como, mas eu vou ter que conseguir”.

Em breve mais informações sobre “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola”!

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

metallica

Metallica: revigorado e ainda relevante

Existem bandas que, ao anunciarem seus próximos lançamentos, promovem um verdadeiro fenômeno de histeria coletiva, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *