Veja como está a banda Yes atualmente

A banda Yes foi uma das mais importantes da história da música, do rock e principalmente da vertente do rock progressivo, sendo uma das precursoras no gênero, combinando letras inteligentes, com belas harmonias de seus talentosos músicos e um constantemente genial vocal de Jon Anderson. O Yes Atualmente conta somente com Chris Squire de membro original, porém ainda tem membros importantes das formações iniciais, como Steve Howe e Alan White, tendo também o tecladista Geoff Downes, que passou pela banda em 1980 e o novo vocalista, Jon Davison, que vem com a responsabilidade de substituir o vocalista original Jon Anderson e de entrar na vaga de Benoît David.

O começo da banda Yes

A ideia de formação clássica para o Yes é algo bem relativo, como por exemplo o Yes atualmente, que é uma banda um pouco diferente, mas não deixa de ter diversos elementos clássicos. Teoricamente o que seria o clássico, começa efetivamente em 1968, com o vocalista Jon Anderson e o baixista Chris Squire tendo a intenção de formar uma banda, juntando-se ao baterista Bill Bruford, ao guitarrista Peter Banks e o tecladista Tony Kaye.

Yes primeira formação
Formação original

Essa formação produziu os dois primeiros álbuns do Yes, chamados de “Yes” e “Time and a Word“, álbuns estes com ótima aceitação do público e dos críticos.

Para o terceiro álbum, chamado de “The Yes Album“, uma mudança acontece na banda, Peter Banks deixa o Yes para a entrada de Steve Howe (presente hoje na bada), que mudou a pegada da guitarra no grupo, acrescentando solos mais estilo blues, combinando com as influências jazzistas do Yes.

Yes segunda formação
Yes com Steve Howe (novo guitarrista)

Para o quarto álbum, chamado de “Fragile” mais uma mudança na banda, o bom tecladista Tony Kaye dá lugar ao excelente Rick Wakeman, que mudou um pouco a banda, acrescentando seu estilo musical e tornando o Yes ainda mais consistente como uma das maiores bandas de rock do mundo.

O álbum “Close to the Edge” é o último do baterista Bill Bruford, que se juntou ao Kink Crimson.

Nos álbuns “Yessongs”, “Tales from Topographic Oceans” e “Relayer” temos o acréscimo do baterista Alan White no lugar de Bill Bruford. Alan viria a se tornar o baterista mais constante no Yes, estando em todas as formações após sua entrada, incluído inclusive no Yes atualmente.

Yes atualmente: conheça

Agora que você já fez um mergulho na história do Yes, nos primórdios dos ícones do rock progressivo, já pode conhecer a banda atualmente, que diferentemente do que muitos pensam, não conta com seu vocalista original, que segue em carreira solo e dá lugar a Jon Davison.

Vamos mostrar para vocês as formações de 2002 em diante, que incluem os três principais vocalistas da história do Yes, que contou com 4 no total.

Jon Anderson Yes
Jon Anderson

Formação 2002 – 2008: Do ano de 2002 até 2008 tivemos um resgate em uma das formações clássicas do Yes, com Jon Anderson no vocal, Steve Howe na guitarra, Rick Wakeman no teclado, Chris Squire no baixo e Alan White completando o time na bateria.

Essa formação foi um verdadeiro resgata nas origens do Yes, fazendo shows extremamente bem executados e com todos os sucessos da carreira da banda.

Formação 2008 – 2011: A partir de 2008 tivemos algumas mudanças muito importantes na banda, o vocalista Jon Anderson (após problemas de saúde, foi afastado da banda e desde então não conversa mais com ninguém do Yes, sentindo-se desrespeitado pela maneira como foi retirado da banda) deu lugar a Benoît David e o tecladista Rick Wakeman deu lugar a seu filho, também tecladista, Oliver Wakeman.

Yes com Benoît David
Yes com Benoît David

Com essa formação o caráter clássico foi mudado e sem Jon e Rick, um pouco do carisma e presença de palco foi perdido, mas nada que deixasse o Yes em baixa.

Formação 20111 – 2012: Nesta formação o tecladista Geoff Downes voltou a banda no lugar de Oliver Wakeman.

Formação atual do Yes

O Yes atualmente roda o mundo fazendo shows muito bem elaborados, mostrando que a pegada continua, levando multidões a loucura com os clássicos da banda.

Em relação a formação anterior, tivemos a substituição de Benoît David (por problemas de saúde) por Jon Davison, um vocalista que se aproxima mais do estilo do primeiro Jon da banda.

Yes atualmente
Formação atual

Jon Davison

Jon tem carreira recente e pouco conhecida antes do Yes, chegou a participar da banda cover de sua banda atual, chamada “Roundabout” e também contribuiu para a banda “Glass Hammer”, antes de ser chamado para integrar o Yes.

Sua entrada no Yes já estava acertada a muito tempo, por várias indicações para os membros que comandam a banba.

Chris Squire

Chris é o membro que mais participou da banda, sendo co-fundador, juntamente com Jon Anderson e líder do Yes atualmente, sendo responsável inclusive pelo afastamento de Anderson em 2008, algo que abalou as relações entre alguns membros da banda, principalmente com Jon e Rick Wakeman.

O baixo de Chris Squire faz um som inconfundível, sendo ele nos primórdios, o precursor do uso de efeitos de guitarra no baixo, em uma adaptação para um som mais forte e psicodélico.

Steve Howe

Steve tem um trabalho magnífico na guitarra, acrescentando muito ao Yes no momento de sua entrada para a banda, quando deu uma pegada totalmente diferente, elevando o grau de estruturação das músicas, compondo ótimos solos e demonstrando magnífica capacidade de improvisação durante os shows, algo que o colocou como membro constante de muitas formações da banda, incluindo o Yes atualmente.

Alan White

Alan White é a estabilidade da banda, faz muito bem seu papel e tem uma atuação muito harmoniosa durante os shows, levando com maestria a batida do Yes a diante.

Esteve presente em todas as formações após sua entrada, mostrando total fidelidade ao projeto e compartilhando palco com os mais diversos membros.

Geoff Downes

Geoff é membro da banda Asia, juntamente com Steve Howe, com quem também divide espaço no Yes atualmente. Anteriormente já havia passado pela banda em 1980, mas logo saiu, dando sequência em sua carreira, ganhando destaque principalmente pela participação no supergrupo Asia, que recrutou músicos participantes de projetos gigantescos no rock progressivo, como o Yes e o King Crimson e lançou muitos sucessos em toda sua história.

 

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

metallica

Metallica: revigorado e ainda relevante

Existem bandas que, ao anunciarem seus próximos lançamentos, promovem um verdadeiro fenômeno de histeria coletiva, …

2 Comentários

  1. jon anderson forever!

  2. Sou um fa da Banda Yes, é uma das coisas mais tristonhos para mim,foi a saída do Jon Anderson, Rick Wakeman e o falecimento do Chris Squire. Isto me deixou triste pacas. O Rick wakeman deu uma maestria sonora ao Yes,vou sentir muitíssimo as suas saídas. Gostaria que eles voltassem com o elenco de outrora,com JON Anderson nos vocais,e o Rick Wakeman nos teclados. Seremos,muito mais felizes se estes carinhas, voltassem ao Brasil para uns shows dele,é claro com eles voando alto.Afinal,Yes é Yes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *