Álbuns para conhecer o Rock

Sabe aquele seu amigo que não conhece nada de Rock e diz que é tudo porradaria, barulho e quebradeira? Ou talvez você mesmo não conheça tanto e quer ver um pouco de outros gêneros. Pois então, eis um post para clarear o assunto. O Musica & Cinema vai mostrar aqui alguns álbuns – uns clássicos, outros menos conhecidos – que exemplificam bem o que é o Rock’nRoll.

Vale ressaltar que algumas coisas aqui tem cunho pessoal. É mais do que óbvio que algumas bandas, ou álbuns, não podem ser taxados meramente por um estilo. Quem diria que Led Zeppelin é apenas x ou y? É difícil. Mas bem, aqui há essa necessidade. Vou tentar ser o mais coerente possível, mas não fiquem magoados se discordarem de alguma coisa. Como dito, o álbum ou a banda, obviamente, podem significar mais de uma coisa.

Ronnie James Dio
Ronnie James Dio, vocalista das bandas Rainbow, Black Sabbath, Dio etc

Blues Rock: Texas Flood – Stevie Ray Vaughan (1983)

Inverto totalmente a linha do tempo e começo pelo Blues que pra mim é a essência do Rock, o que o gênero tem de melhor. Opinião pessoal e acho que isso vai cercear bastante esse post. Mas enfim, o fato é que Texas Flood é um sucesso.

Após trabalhar por anos se aprimorando musicalmente, e depois de muita coisa já ter sido feita no Blues, Stevie Ray Vaughan ainda assim vem com total originalidade ao nos apresentar Texas Flood. Quem não começa a se mexer logo na faixa de abertura Love Struck Baby? Aclamado pela crítica, melhor do que escrever sobre é ouvir:

Gary Moore, RoryGallagher e The Yardbirds tambémsão uma boa pedida para quem quer conhecer o Blues Rock. Curiosamente, os Yardbirds contaram com, nada mais, nada menos que Jeff Beck – outra boa pedida -, Eric Clapton e Jimmy Page na guitarra.

Rock Psicodélico: DisraeliGears – Cream (1967)

Aqui, muitos como GratefulDad, The Doors, Cream e até Beatles poderiam ser citados, mas fico com DisraeliGears do Cream. Até como uma homenagem ao Jack Bruce, baixista e vocalista da banda que morreu no mês passado (25/08).

Menos blues que o anterior, Fresh Cream (1966), a banda vai por um caminho um pouco mais psicodélico.DisraeliGears trásfaixasmaravilhosascomoo “hino” Sunshine OfYour Love, World OfPain, SheWalksLike A BeardedRainbow (ou SWLABR)etc. O trio, apesar de ter feito apenas quatro álbuns, realmente deixou um legado na história do Rock.

Heavy Metal: Paranoid – Black Sabbath (1970)

Pensei seriamente e queria colocar aqui o primeiro álbum da banda, mas acho que esse é mais metal. Pensei também sobre colocar outro álbum, algo mais metal como conhecemos hoje em dia, mas optei pelo “início de tudo” e clássico.

Paranoid é um marco na história do metal. Já havia música pesada antes deles? Claro. Led Zeppelin I e II(1968/69), por exemplo, já trouxeram mais peso ao cenário Rock da época, mas pra mim, Black Sabbath é a base da vertente.

É bom lembrar também que nesses últimos anos da década de 60, as guitarras pesadas foram revolucionárias. Grupos como Cream, The Yardbirds, Beatles e Rolling Stones vinham do berço do Blues. Quando Led Zeppelin, Black Sabbath, DeepPurple e tantos outros apareceram com o seu característico peso foram considerados Heavy Metal.

Isso é bem justificado, afinal, se Heavy Metal significava, primariamente, algo mais pesado, essas três bandas eram sim Heavy Metal. Mas se compararmos o que vemos hoje, como Iron Maiden, Angra, Metallica, Annihilatoretc, bem, alguns diriam que aquela tríade é um tanto menor no quesito peso, não?

Saindo do âmbito “discussão do que é heavy metal, de onde veio, pra onde vai”, e voltando ao álbum, Paranoid contém riffs marcantes, e cada vez mais consolidados, criados pelo mestre Tony Iommi. Paranoid, War Pigs e Iron Man estão dentre as faixas mais famosas.

Rock Progressivo:Dark Side Of The Moon – Pink Floyd (1973)

Com SydBarret, o Pink Floyd seguia no início por uma onda mais psicodélica. Após a saída do vocalista, as composições ficaram nas mãos de Gilmour, Waters e Wright. O resultado, depois de alguns anos, foi DarkSideOf The Moon.

Eu não sou lá tão fã de Pink Floyd – e talvez Close To The Edge do Yes fosse um melhor representante -, mas é impossívelnão citar DarkSideOf The Moon! O álbum é um marco não só na história do Rock, mas na história da música! Ocontato com The GreatGig In The Sky foi um orgasmo à primeira ouvida.

Se você não conhece essa pérola, trate de ouvir. É uma obra prima. Clássicos como Money, UsAndThen e Time estão nele.

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=WyVlmTClHPQ’]

Southern Rock: (Pronounced ‘Lĕh-‘nérd ‘Skin-‘nérd) – LynyrdSkynyrd (1973)

É claro que aqui também caberiam outros como,principalmente,Allman Brothers com o clássico “At FilmoreEast”, mas como não conheço tanto a banda, opto pelo álbum do Lynyrd.

Outro classicão e com uma pegada bem blues, Pronounced vem com clássicos como Tuesday’sGone, Simple Man e, claro, a inesquecível FreeBird com o seu solo aclamado até hoje e introduzido no GuitarHero. Álbum essencial. 

Hard Rock:Phenomenom – UFO (1974)

Machine Head – Deep Purple (1972)

Van Halen – Van Halen (1978)

Eu é que não vou me comprometer aqui citando apenas um só álbum. Tá certo que nos outros gêneros poderiam ter mais, muito mais, mas aqui eu simplesmente não pude ficar entre um só.

Phenomenom pra mim é a síntese do Rock. Se eu quiser mostrar pra alguém que já conhece um pouco do gênero o que, pra mim, define tudo, mostraria esse álbum.

Rock Bottom com seu riff sensacional; Doctor, Doctor, faixa de abertura de alguns shows do Iron Maiden; Lipstick Traces, maravilhoso e simples instrumental, Space Child com um dos melhores solos que eu já ouvi…

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=vHOdiGOsx-w’]

Machine Head do DeepPurple é outro genial. Um dos preferidos de Ozzy, o álbum teve um grande percalço devido a um incêndio ocorrido num cassino durante um show do Frank Zappa! Não entendeu? Pois bem, tudo isso é explicado na letra de SmokeOn The Water e mais ainda aqui.

Além do “hino” SmokeOn The Water, temosHighway Star, Space Truckin’, a fantástica – e minha preferida da banda – Lazy, entre outras maravilhas. Outro álbum pra apresentar o Rock’nRoll.

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=HwH4nt190YY’]

Van Halen já não carrega tanta excitação da minha parte, mas não diminuo a excitação de ninguém por ele. Aclamado por toda crítica, por fãs, por ícones do Rock… e eu quase esqueci de colocá-lo aqui. Falha minha. Van Halen, não só o álbum, é Hard Rock na veia!

Só vou destacar uma faixa porque senão eu gastaria uns três parágrafos só falando da banda. Enfim, Eruption é a onde Eddie Van Halen, guitarrista da banda, popularizou o, hoje em dia, famoso tapping e que, segundo ele, era só um aquecimento para começar a tocar. Bem, ouça Eruption. Se aquilo era só um aquecimento, você já sabe o que esperar do álbum, não?

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=BHwD-ndFAG4′] 

Rock Nacional: Secos & Molhados – Secos & Molhados (1973)

Talvez esse não seja o melhor representante do Rock Brasileiro. Talvez Cabeça Dinossauro dos Titãs ou algum do Barão Vermelho, Mutantes… enfim.A minha escolha se deve principalmente por achar esse álbum genial. Admito que é algo quase que estritamente pessoal.

Acredito que esse quê psicodélico da banda é bem interessante. Vou ainda mais longe e digo que Secos & Molhados me lembra Pink Floyd. Julguem-me. Mas indo ao álbum em si, Secos e Molhados tem vários clássicos como Sangue Latino, Rosa de Hiroshima, O Vira e O Patrão Nosso de Cada Dia que recentemente foi tema do seriado O Caçador. Em breve uma resenha do álbum!

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=xpqbbmJ42yU’]

Menções honrosas

Para o post não ficar maior do que já é, faço aqui mais miseras dezmenções honrosas além dos poucos já citados no texto. Com certeza vai faltar coisa pra caramba e amanhã eu vou pensar “putz, esqueci de álbum x”, mas bem, isso é o que eu me lembrei e dei uma leve filtrada. Se nem Jesus conseguiu agradar a todos… vamos lá:

Are You Experienced – Jimi Hendrix

Blizzard Of Ozz – Ozzy Osbourne

Innuendo – Queen

In The Court Of The Crimson King – King Crimson

Moving Pictures – Rush

Physical Graffiti – Led Zeppelin

Strange Days – The Doors

Survival – Grand Funk Railroad

Tommy – The Who

Whitesnake –Whitesnake

Zakk Wylde
Zakk Wylde, guitarrista da Black Label Society, Ozzy etc

Ps.:Agradecimentos ao guitarrista Herick Sales, da página http://hericksales.wordpress.com/, que discutiu – e me relembrou – alguns álbuns; e aos criadores da ConcertHotels que tem no site essa animação sensacional que mostra brevemente o mundo do Rock.

Ps2.: Apenas para ilustração, coloquei imagens de dois músicos não citados no post, mas extremamente importantes para o cenário Rock.

Sobre Caudo Feitosa

Estudante de Cinema na PUC-Rio, é aficionado por música de diversos gêneros, mas especialmente do Rock e Blues. Costuma dizer que caiu de gaiato no cinema, mas ainda assim é aspirante a cineasta, músico e teatrólogo. Quando não está estudando, gosta de passar o tempo pesquisando por novidades nesse meio e trará tudo que descobrir para os leitores do Música & Cinema.

Veja Também!

metallica

Metallica: revigorado e ainda relevante

Existem bandas que, ao anunciarem seus próximos lançamentos, promovem um verdadeiro fenômeno de histeria coletiva, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *