Rita Lee morre aos 75 anos: nome tem relação com Ritalina?

Uma das maiores cantoras e compositoras da música brasileira e conhecida como a rainha do rock brasileiro (por mais que ela achasse cafona, e preferisse “padroeira da liberdade”), Rita Lee, faleceu nesta segunda-feira (8), aos 75 anos.

Supõe-se que a causa tenha sido em decorrência à um câncer de pulmão, diagnosticado em 2021, o qual a cantora vinha, desde então, realizando tratamentos contra. Um comunicado foi divulgado nas redes sociais de Rita pela família.

“Comunicamos o falecimento de Rita Lee, em sua residência, em São Paulo, capital, no final da noite de ontem, cercada de todo o amor de sua família, como sempre desejou”, diz a publicação.

A postagem também informa que o velório será aberto ao público, no Planetário do Parque Ibirapuera, na quarta-feira (10), das 10h às 17h.

Além de suas músicas contestadoras, estilo excêntrico e suas frases célebres, Rita também ficou muito marcada por seu nome em si. Devido à seu envolvimento com a psicodelia e o rock n’ roll, era comum supor que seu nome era inspirado pelo remédio “ritalina”.

image 129

Mas pelo contrário, seu nome completo era Rita Lee Jones de Carvalho, filha mais nova do dentista Charles Fenley Jones e Romilda Padula, que recebeu o “Lee” em seu nome em homenagem ao general Robert E. Lee, do exército confederado norte-americano.

Já o Rita, é uma homenagem a avó materna, que se chamava Clorinda, mas tinha o apelido de Rita. Inicialmente, seu nome seria Bárbara, em homenagem à santa, mas a homenagem à sua avó Clorinda acabou sendo a escolha final de seus pais.

Carreira de Rita Lee

Apesar de uma impressionante carreira solo, Rita Lee não ganhou o título de “rainha do rock” atoa. A cantora participou de importantes revoluções no mundo da música e da sociedade, principalmente no início de sua carreira musical junto das bandas Os Mutantes e Tutti-Frutti.

image 131
Os Mutantes com Sérgio Dias, Rita Lee e Arnaldo Baptista

Sua carreira solo teve início ainda nos anos 70, simultaneamente à seu trabalho com Os Mutantes. De lá pra cá, Rita lançou pelo menos 30 álbuns em toda a sua carreira, sendo pelo menos 18 deles em sua carreira solo.

Além da música, Rita também possui um histórico relacionado à literatura, televisão e cinema, contribuindo de diversas formas para diferentes setores da arte. Após quase 60 anos de carreira, Rita foi referência de criatividade e independência feminina, sendo considerada uma das mulheres mais influentes do Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.