Os 5 filmes mais tristes dos anos 90 (o segundo com certeza vai fazer você chorar)

Os anos 90 formaram uma década cheia de filmes emotivos com quase 100% de garantia de fazer os espectadores se debulhar em lágrimas ao final da sessão. Confira cinco dos filmes mais tristes da década:

(ATENÇÃO: cuidado com os spoilers!)

Ps: essa lista renderia uma parte 2 facilmente.

1. “À Espera de um Milagre” (1999)

à espera de um milagre
Foto: reprodução/Movie Reviews

John Coffey (Michael Clarke Duncan) é enviado para o corredor da morte acusado de um crime horrível. Porém, ele desenvolve uma relação incomum com os guardas da prisão, que descobrem que ele possui um dom mágico extraordinário.

Se você já não se emocionou com todo o sofrimento pelo qual John passa ao longo do filme, a cena final em que ele é executado por um crime que não cometeu é garantia de pelo menos uma lagriminha, ainda mais com as reações emocionadas dos amigos dele.

2. “A Vida é Bela” (1997)

A primeira metade do filme italiano é uma comédia pastelão sobre um homem desastrado tentando conquistar uma moça rica. Mas o filme vira de cabeça para baixo quando o regime fascista se estabelece na Itália e o protagonista e sua família são enviados para um campo de concentração. O que torna esse filme ainda mais devastador do que outros longas sobre a Segunda Guerra Mundial é ver o protagonista tentando poupar o filho do sofrimento com histórias fantasiosas.

3. “Selena” (1997)

selena 1997
Foto: reprodução/Remezcla

O filme que revelou Jennifer Lopez (“Mãe”) é uma biografia da cantora Selena Quintanilla-Pérez, que estava no auge da sua carreira quando foi assassinada quando tinha apenas 23 anos de idade. O longa foi considerado um tributo emocionante à vida da artista.

4. “Titanic” (1997)

É até clichê incluir “Titanic” na lista, mas é difícil deixar o longa de fora. Desde o começo, os espectadores já sabem que o navio vai afundar, mas as cenas do naufrágio oferecem vários momentos emocionantes, como o casal de velhinhos abraçados na cama, a mãe lendo uma história para seus dois filhos e os violinistas tocando em meio à tragédia mesmo sabendo que irão morrer. E se você ainda não tinha chorado, o mocinho Jack (Leonardo DiCaprio) morre protegendo o amor da sua vida.

5. “O Gigante de Ferro” (1999)

o gigante de ferro
Imagem: reprodução/Cinema com Rapadura

Apesar de não ter recebido tanta atenção na época da estreia, a animação virou um clássico cult. A história de amizade entre um garotinho solitário e um robô gigante emociona o público até hoje, principalmente no final, quando o robô se sacrifica pelo garoto.

Fonte: ScreenRant.

Continue acompanhando o Música e Cinema para ficar por dentro do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.