Filme satiriza retorno de Hitler à Alemanha atual e faz crítica política

Disponível na Netflix, "Ele Está de Volta" mostra um suposto retorno do líder nazista à Alemanha atual e traz críticas sobre a possibilidade de novos governos totalitaristas.

Você já pensou o que pensaria Hitler sobre os dias atuais? Pois é, de forma divertida o filme “Ele Está de Volta” tenta retratar o “retorno” do líder nazista. O filme é baseado em livro de nome homônimo, estando disponível na Netflix e tendo sido lançado no dia 9 de abril, diretamente na televisão.

Mesmo que sem muito investimento em divulgação, logo a obra despertou atenção (bem como o livro) por tratar de maneira menos engessada o tema e brincar com a imagem de Hitler, algo ainda muito mistificado, gerando assim muito interesse e uma auto-promoção apenas pela temática. Com baixo orçamento, o diretor e roteirista David Wnendt fez um belo trabalho de adaptação e conseguiu dar uma condução leve para a produção.

Hitler descobrindo o Google.
Hitler descobrindo o Google.

Sinopse: Após um raio, Adolf Hitler acorda na Alemanha de 2011, completamente perdido e sem saber o que aconteceu. Sem seus companheiros nazistas e com uma nação sendo governado por uma mulher, logo o Fuhrer sente que aquela não é mais a “sua” Alemanha. Nas ruas, as pessoas riem e elogiam a imitação, causando ainda mais espanto no viajante do tempo, que ganha larga repercussão após um discurso viralizar na internet.

A comédia “não-politizada”

O começo do filme é muito bom por introduzir o Hitler moderno de maneira devagar, sem forçar interpretações políticas e não tornando-se cansativo. Em momentos como a ida de Adolf a lavanderia ou o primeiro contato de Hitler com o Google, é possível dar boas risadas.

Hitler acordando na era moderna.
Hitler acordando na era moderna.

A engraçada e fiel atuação

Pouco conhecido, o ator alemão Oliver Masucci faz uma atuação perfeita e consegue fazer com que você preste atenção a todos os seus movimentos. Desde a aparência até a maneira de andar e falar, tudo executado com maestria e de maneira convincente.

hitler 22

A relação Hitler x Mídia

Se a comunicação nazista sempre foi destacada, principalmente em relação ao departamento de propaganda nazista, no filme, isso acontece de forma diferente. Com um discurso exaltado, de senso relativamente comum e com palavras superficiais, logo o novo Fuhrer começa a ganhar espaço e torna-se uma celebridade, além de angariar seguidores.

hitler imprensa

A crítica política

Politicamente, Hitler é uma incógnita moderna. Sempre se posicionando como uma terceira via, o líder nazista é apontado como direitista pelos grupos progressistas, bem como é identificado como esquerdista por grupos conservadores. Deixando essa dualidade de lado, o filme mostra como discursos fortes, porém vazios, podem fazer sucesso e convencer pessoas a seguirem modelos políticos perigosos e totalitaristas, afinal, pode existir um Hitler escondido dentro de todos nós.

A crítica do filme, com um belo final (sem spoilers) é muito boa. Sendo um filme de orçamento relativamente baixo e com pecados que muitas comédias costumam cometer, a obra é útil para os dias atuais e tem muitos pontos positivos (mais que negativos).

Se você tem acesso a Netflix, veja este filme!

Er Ist Wieder Da – Ele Está de Volta
Data de lançamento: 9 de abril
Direção/roteiro: David Wnendt
País: Alemanha
Produção: Constantin Film Production GmbH
Elenco:
Oliver Masucci – Adolf Hitler
Christoph Maria Herbst – Christoph Sensenbrink
Fabian Busch – Fabian Sawatzki
Katja Riemann – Katja Bellini
Michael Kessler – Michael Witzigmann
Nina Proll – Ute Kassler
Franziska Wulf – Vera Krömeier

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *