A verdadeira história de Sempre ao Seu Lado

Muitas pessoas se emocionam com o filme Sempre ao Seu Lado (Hachiko: A Dog’s Story) porem poucas conhecem a verdadeira história de Sempre ao Seu Lado, quando em 1924 se iniciava uma grande amizade entre um cachorro da raça Akita chamado Hachiko e um professor universitário chamado Hidesabur­ō Ueno.

Sempre ao Seu Lado (Hachiko: A Dog’s Story) – 2009

Sinopse Sempre ao Seu Lado: O filme é baseado na história verídica de um cão chamado Hachiko, que em pequeno foi encontrado por um professor que o acolheu. Com o tempo Hachiko e o seu dono (Parker Wilson) criaram um grande amizade, e Hachiko começou a esperar pelo seu dono, todos os dias na estação de comboio que existia na pequena vila onde viviam. Todos os dias durante alguns anos, Hachiko esperava que o seu dono regressa-se do trabalho para voltarem juntos para casa, mas um dia Parker não voltou… O seu dono tinha morrido, e Hachiko sabia-o, mas durante cerca de 10 anos Hachiko voltou todos os dias à estação e esperou, na esperança que o seu dono voltasse.

Sempre ao seu lado Hachi

Verdadeira história de Sempre ao Seu Lado (Hachiko: A Dog’s Story)

Hachiko (Hachi) foi levado por seu dono Hidesabur­ō Ueno para Tóquio no ano de 1924, Ueno era grande fã de cães e se dedicou muito a criar Hachi, que depois de um tempo passou a acompanha-lo todos os dias a estação de trens de Shibuya que ficava perto de sua residência, num ciclo vicioso o cão acompanhava e aguardava seu dono em frente a estação.

verdadeiro Hachiko
Hachiko

Hidesabur­ō Ueno faleceu em maio de 1925, quando sofreu um derrame durante reunião na faculdade em que trabalhava.

Durante o velório Hachiko já demonstrou todo seu amor, dormindo ao lado do caixão e tentando ser enterrado junto.

Logo após a morte Hachi foi morar com parentes do professor no bairro de Asakusa, porem o cão sempre fugia e retornava a antiga casa, devido a insistência do cão ele foi doado ao jardineiro que cuidava da casa do professor, que tinha grandes laços com Hachi, mas não foi o suficiente, Hachiko tornava a fugir e em certo momento percebeu que naquela antiga casa não encontraria mais o professor, então decidiu espera-lo todos os dias na estação, chamando a atenção das pessoas que circulavam e da mídia.

Hachiko: mais de nove anos de espera

Hachiko repetiu a vigília durante nove anos e dez meses, até sua morte em 1934, mesmo com toda a fama e ajuda da vizinhança, Hachi viveu todos os anos após a morte do professor de maneira precária, não sendo leal a mais nenhum dono, se envolvendo em brigas com outros cães e sofrendo de um verme chamado dirofilariose que ataca o coração, com um aspecto muito ruim em seus últimos dias de vida, Hachi partiu como um guerreiro, um fiel guerreiro.

Velório de Hachiko
Velório de Hachiko

Homenagens a Hachiko

O escultor Tern Ando (muito famoso no Japão) esculpiu uma estátua de bronze a Hachi, no ano de 1934, que foi colocada na estação de Shibuya com os dizeres “Linhas para um cão leal”, com grande inauguração que contou com o neto do professor Ueno.

Em 1944 a estátua foi derretida para a confecção de armamentos para a segunda guerra mundial, porem em 1948 o filho do escultor original, Takeshi Ando fez uma réplica e colocou-a no mesmo local, onde é preservada até hoje e se tornou um ponto turístico.

Estátua Hachiko
Estátua de Hachiko

Mais verdadeiras histórias

A verdadeira história de O Exorcista

A verdadeira história de O Massacre da Serra-Elétrica

A verdadeira história de O Exorcismo de Emily Rose

A verdadeira história de À Procura da Felicidade

 

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

2 Comentários

  1. Eu amo o filme,sempre ao seu lado todos os,dias que vou assistir eu choro,bastante

  2. pessoa vejam o que eu fiz, editei as melhores partes deste filme com a musica menos de um segundo do rosa de saron https://www.youtube.com/watch?v=sKnmaBMrcCA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *