A saga dos mortos de Romero – Parte 3

Confira uma matéria muito especial, com a terceira edição de “A saga dos mortos de Romero”, que homenageia o grande diretor do gênero, que encantou os fãs com suas grandes obras e contribuição incomparável para a história do terror. Para a terceira edição, trazemos O Dia dos Mortos (Day Of The Dead), de 1985.

Confira também:

O Dia dos mortos (1985) – Colapso da sociedade.

Terceira parte da matéria sobre os zumbis de Romero. Hoje O dia dos mortos (1985).

 

O Dia dos mortos  day of the dead
Pôster do filme

Sinopse:Um grupo de sobreviventes entre eles soldados e cientistas, vivem em um abrigo subterrâneo depois da terra ser dominada por zumbis. Com os recursos de alimentos, munição e medicamentos acabando, resta ao grupo chegar a um local inacessível rodeado de zumbis e descobrir como combatê-los. Para tentar entender como essas criaturas são, Drº Logan faz seus experimentos sádicos e nada convencionais. Isso acaba colocando humanos e zumbis em uma batalha pela sobrevivência com cada qual lutando pelo seu espaço.

Militares e cientistas

Óbvio, isso não poderia faltar: militares e cientistas, afinal Romero tem que expor de algum modo sua critica. Era início da Guerra Fria, EUA e URSS na corrida armamentista e o medo se instalava pela tensão. Caso “alguém” apertasse um botão, e isso era muito comum se dizer na época, uma potencia poderia acabar com a outra.

Romero tentou neste, que na minha opinião, é o mais político de toda a saga, mostrar como as pessoas viveriam caso esse simples apertar de botão, realmente acontecesse: Bunkers, escassez de comida, água e medicamentos. Seria esse o futuro da vida americana.

filme o dia dos mortos
Sonhos se tornam pesadelos

Um personagem muito importante no filme é Bub interpretado por Sherman Howard, um zumbi com certa capacidade cognitiva e com um pouco de humanidade. Dentro dos experimentos Bub se torna muito útil e até um pouco sociável, muitas vezes acaba tendo “memórias” de sua vida pregressa.

Bub O Dia dos Mortos
Bub cumprimentando militares.

Como é de se esperar o caos toma conta da vida que até então era segura. Drº Logan “a la” Josef Menguele, surta em suas experiências colocando a aparente segurança dos moradores do bunker em risco de vida.

Dr. Logan O Dia dos Mortos
Doutor Logan

Curiosidades

– Greg Nicotero, maquiador do seriado The walking dead, assina a maquiagem do longa e ainda faz uma participação no filme como o Pvt. Johnson.

– Este é o primeiro filme da saga, onde zumbis aparecem apodrecidos, antes apenas tinham um tom azulado.

-Romero faz uma pequena participação como zumbi na cena do banquete final onde ele aparece empurrando uma carroça.

– O local das filmagens não é um cenário, é uma mina desativada em Pittsburgh.

-O orçamento do filme foi de 3,5 milhões de dólares.

– Stan Hutchinson escreveu a história em quadrinhos de 24 páginas Day of the Dead: Desertion, na qual foi lançada exclusivamente para celebrar o aniversário de 25 anos do filme.

– Tom Savini também aparece como motoqueiro e o zumbi que quebra a janela do caminhão.

– O “Flying boy”, cujo personagem, na verdade se chama Stephen, no Brasil, por alguma razão misteriosa foi apelidado de Tarzan (hã!!!).

– As crianças zumbis, que atacam Peter, são sobrinhos do Savini, Donna e Mike.

– Todos os figurantes que interpretaram zumbis ganharam 20 dólares e uma camiseta com o título do filme.

– Existe um final alternativo nunca antes exibido onde Peter e Fran cometem suicídio.

– O filme ganhou uma classificação X como nos filmes pornôs, devido à extrema violência.

Trailer O Dia dos Mortos

Sobre Renata Ruiz

Escritora de fantasia, ficção e terror, ama filmes de zumbis e leitora assídua de livros do mesmo gênero. Adora Tom Savini e seu sonho é ir conhecer o número 112 da Ocean Av. em Amityville. Acha que George Romero deveria fazer mais filmes.

Veja Também!

poltergeist-canal

12 indispensáveis filmes de terror dos anos 80

Os anos 80 proporcionaram muita diversão e sustos entre os amantes de filmes de terror. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *