RPM: Revoluções por Minuto, clipe e história da música

Revoluções Por Minuto é a primeira canção do álbum Rádio Pirata Ao Vivo da banda RPM, uma bela abertura para o álbum, também usada para abrir alguns shows da banda, uma música com introdução forte nos teclados de Luiz Schiavon.

História da música Revoluções Por Minuto:

Foi escrita pelo vocalista e baixista Paulo Ricardo e pelo tecladista Luiz Schiavon, logo no seu começo uma forte introdução lembrando momentos áureos de The Doors ou até mesmo The Who, tendo semelhança com Baba O’Riley, mostra toda a força do jovem rock n’ roll dos anos 80 no Brasil, animando sempre a plateia, causando histeria, com seu ritmo forte os telespectadores se embalam no ritmo dos teclados e as linhas do baixo.

O álbum Rádio Pirata Ao Vivo foi lançado em 1986 e até hoje é o maior sucesso da banda, gravado em um show no Pavilhão de Exposições do Complexo do Anhembi, show que contou com direção de Ney Matogrosso.

Sobre RPM:

Revoluções por Minuto (também conhecida somente por RPM) é um grupo de rock brasileiro surgido em 1983, tendo sido um dos mais populares do país nos anos de 1984 a 1987. Era formado por Paulo Ricardo (baixo e vocal), Luis Schiavon (teclado), Fernando Deluqui (guitarra) e Paulo P.A. Pagni (bateria).

Foi um dos grupos mais bem sucedidos da história da música brasileira. Na segunda metade dos anos 80, conseguiram bater todos os recordes de vendagens da indústria fonográfica brasileira. A visão crítica e bagagem cultural do letrista Paulo Ricardo foi um argumento de marketing na vendagem dos discos da banda. A banda vendeu mais de 5 milhões de discos em sua carreira. (wikipédia).

O RPM se separou várias vezes, mas seus caminhos acabaram se reencontrando vários vezes. Atualmente o RPM está na ativa, com a turnê Elektra, como pode ser confirmado no site oficial do RPM.

rpm

Letra de Revoluções por Minuto

Vamos entender o que está sendo cantado em Revoluções por Minuto?

Revoluções por Minuto

Sinais de vida no país vizinho
Eu já não ando mais sozinho
Toca o telefone,
Chega um telegrama enfim
Ouvimos qualquer coisa de Brasília
Rumores falam em guerrilha
Foto no jornal,
Cadeia nacional

Viola o canto ingênuo do caboclo
Caiu o santo do pau oco
Foge pro riacho,
Foge que eu te acho sim
Fulano se atirou da ponte aérea
Não agüentou fila de espera
Apertar os cintos,
Preparar pra decolar

Nos chegam gritos da Ilha do Norte
Ensaios pra Dança da Morte
Tem disco pirata,
Tem vídeo cassete até
Agora a China bebe Coca-Cola
Aqui na esquina cheiram cola
Biodegradante
Aromatizante tem

Clipe Revoluções por Minuto

Sobre Leonardo Caprara

Veja Também!

"Capitânia", o novo trabalho do Blind Pigs

Blind Pigs: Mais punks do que nunca!

O Blind Pigs é um dos maiores expoentes do punk rock nacional. A banda formada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *