Pássaro Vadio impressiona com folk psicodélico no primeiro disco

A banda Pássaro Vadio foi fundada em 2015. Seus integrantes são Ramiro (voz, guitarra e violão), Jojô (baixo, guitarra e teclado) e Davi Neves (bateria e percussão). Caosmos é o disco de estreia e tem produção de Alê Siqueira, que assinou álbuns para: Arnaldo Antunes, Elza Soares, Tom Zé, entre outros

Gravado ao vivo durante uma semana no estúdio da Gargolândia, o disco é um universo de som e ruído por onde o personagem principal vai abrindo uma trilha. Por trás das texturas e camadas das guitarras, sintetizadores e percussão está o cancioneiro popular – sua força e simplicidade. As 10 faixas autorais do disco tratam de temas contemporâneos e são pontuadas por arranjos e melodias originais.

“Em Caosmos, cada música é uma unidade aberta. O personagem principal interage com o caos – massas de som e ruído que, como ondas, nos fazem perdê-lo de vista para depois vê-lo emergir com um novo rosto. A força do disco se manifesta na simplicidade do cancioneiro popular, junto da mudança e do encontro”, afirma o vocalista Ramiro Macedo.

Em Porto Alegre, a Pássaro Vadio faz show de pré-lançamento de Caosmos no Ocidente, dia 31 de maio. Em São Paulo, a banda se apresenta no Breve, dia 08 de junho; no Sesc Santana, dia 17 de junho; no projeto Secretinho, dia 23 de junho e foi selecionado para participar do Dia da Música 2017, que acontece dia 24 de junho.

Veja também! Filmes de terror na Netflix

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

O interessante Atlas e o seu pêndulo na verdade sobre o não dito

Você sabe quem é Atlas Bartholomeu? Se ainda não conhece essa figura, com certeza se interessará …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *