O Nevoeiro – Pânico, monstros e o perigoso comportamento humano

O Nevoeiro (The Mist) é uma ficção científica de terror lançada em 2007, baseado em um conto de Stephen King. Dirigido por Frank Darabont (Um Sonho de Liberdade) e estrelado por Thomas Jane (O Justiceiro) e Laurie Holden (The Walking Dead).

O Nevoeiro – The Mist (2007)

Sinopse – O Nevoeiro: Depois que uma violenta tempestade devasta a cidade de Maine, David Drayton – um artista local – e seu filho de 8 anos correm para o mercado, antes que os suprimentos se esgotem. Porém, um estranho nevoeiro toma conta da cidade, deixando David e um grupo de pessoas presas no mercado – entre elas um cético forasteiro e uma fanática religiosa. David logo descobre que o nevoeiro esconde algo sobrenatural e que sair do mercado pode ser fatal. Mas conforme o grupo tenta desvendar o mistério, o caos se instala e fica evidente que as pessoas dentro do mercado podem tornar-se tão ameaçadoras quanto as criaturas do lado de fora.

Sobre O Nevoeiro

O Nevoeiro - Thomas Jane
David Drayton (Thomas Jane) antes de toda a balburdia

Uma tempestade ocorre na cidade, e David Drayton (talvez a melhor atuação da vida de Thomas Jane) sabe que precisa de mantimentos. Junto de seu filho e um vizinho encrenqueiro, ele vai ao mercado da cidade. Como a tempestade afeta quase todos na região, o tal mercado está cheio e a correria é notável. Porém quando um nevoeiro surge e toma conta da cidade trazendo consigo um terror inimaginável, as pessoas refugiadas no mercado tomam consciência que estão correndo sérios riscos, tanto lá fora quanto ali dentro.

O Nevoeiro
Quando você acha que não pode piorar…

Stephen King é um gênio quando o assunto é criar monstruosidades, isso nós já sabemos. Mas ás vezes ele põe de lado um pouco dessa sobrenaturalidade, e foca na perigosa mente humana. Quando o filme  começa, temos a sensação familiar de claustrofobia aliada ao desespero, assim que o nevoeiro se instala e todos aqueles dentro do mercado ficam impossibilitados de identificar qualquer coisa que ande lá fora. Porém enquanto o filme avança, percebemos o quanto somos incapazes, por natureza, de agir civilizadamente em situações críticas.

Temos ali enclausurados o adolescente que precisa provar sua coragem, o vizinho chato que tem uma rixa pessoal e se deixa afetar pelo ceticismo, temos os jovens soldados que se sentem culpados por não darem um jeito na situação, temos a fanática religiosa que acha que tudo isso não passa de uma punição de Deus, o gerente que está mais preocupado com os produtos do que com a segurança das pessoas, pessoas como eu e você, pessoas agindo irracionalmente pelo medo.  Pessoas que podem se tornar perigosas quando a “situação aperta”.

O Nevoeiro - monstro
Espero que ele saiba o que está fazendo

O Nevoeiro se trata disso, um drama sobre o comportamento humano e suas ações irreparáveis; um terror sobre a luta por uma sobrevivência improvável; um sci-fi de monstros gigantes e seus tentáculos famintos, e principalmente, um genial filme sobre como as pessoas podem ser falhas em suas decisões. Stephen King nos mostra que, muitas vezes, os vilões somos nós mesmos.

 

Sobre Lucas Thurow

Cinéfilo, leitor, apreciador de boa música. Se arrisca em escrever algumas coisas de vez em quando.

Veja Também!

chamados2

Filmes de terror 2017 – datas e detalhes de 16 lançamentos imperdíveis

O ano de 2016 trouxe algumas novidades interessantes para os fãs de terror, no entanto, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *