O Homem Invisível – ícone da ficção americana

O homem invisível é um filme de ficção cientifica, lançado em 1933 pelo grande estúdio precursor do terror, o estúdio Universal (Homem invisível, Drácula, Múmia, Fantasma da Ópera).

Para este grande clássico da ficção os conceitos de efeitos especiais foram revolucionados com a possibilidade de se criar um personagem totalmente invisível.

O Homem Invisível:

Um estranho cientista chamado Jack Griffin (Claude Rains) chega a uma pousada em um pequeno vilarejo para fazer suas pesquisas, mas os problemas começam quando os moradores locais começam a questiona-lo e suspeitam do homem que anda sempre totalmente vestido, quando descobrem que ele é invisível forçam sua fuga, deixando um rastro de mortes e loucura.

O Homem Invisível (1933) - Claude Rains

Direção de James Whale:

James Whale foi um dos maiores diretores ingleses da década, produzindo clássicos como O Homem Invisível, Frankenstein (1931) e A Noiva do Frankenstein (1935).

Novos conceitos:

O filme trouxe novos conceitos para o cinema e pode ser considerado um dos precursores da ficção cientificada, podemos identificar hoje em dia coisas criadas por James Whale na década de 30.

O filme pode ser ótimo para você que deseja começar a assistir clássicos, os pilares do cinema, pois é um filme relativamente curto e nada cansativo, com um clima ótimo e roteiro muito bem estruturado.

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *