22 melhores filmes de terror da Netflix

A Netflix é uma das maiores empresas do mundo no segmento de streaming. Milhares de filmes estão disponíveis para os assinantes. Com essa amplitude, é claro que o terror não poderia ficar de fora. Avaliando todos os filmes catalogados na categoria terror, criamos essa lista com 22 melhores filmes de terror da Netflix.

A empresa funciona como um sistema de assinatura. Para quem não conhece, funciona da seguinte forma: Você escolhe um dos pacotes (diferem em relação a quantidade de usuários em tempo real na mesma conta), paga e tem acesso ilimitado ao conteúdo disponível na plataforma.

Melhores filmes de terror da Netflix

São dezenas de filmes disponíveis na categoria de terror da Netflix Brasil. Alguns classificados como terror “geral”, enquanto outros abrangem sub-gêneros. Entre os filmes, selecionamos os 22 melhores disponíveis. Vale ressaltar que o catálogo da Netflix é mudado de tempos em tempos, fazendo com que em determinado momento algum destes filmes não esteja mais na lista. Caso não encontre algum dos filmes, comente ou nos envie uma mensagem no Facebook que prontamente alteraremos.

melhores filmes de terror da Netflix
Fique ligado na nossa lista!

Psicose

Uma das maiores criações da carreira de Alfred Hitchcock. O filme é uma adaptação do livro de Robert Bloch. Tem como protagonista Anthony Perkins, Vera Miles, John Gavin e Janet Leigh. Filmado em preto e branco, algo já incomum para 1960, foi logo sucesso de bilheterias.

Com poucos personagens e uma locação muito específica, Hitchcock usou de toda sua genialidade para criar um clima de puro suspense, deixando os espectadores tensos a cada cena. Após o primeiro filme, três sequências foram feitas, todas com Anthony Perkins no elenco, incluindo uma direção do ator. Confira nosso post sobre a franquia Psicose.

Zumbilândia

Um filme muito divertido, de 2009, que dá uma nova cara para as produções relacionadas a zumbis. Lembrando um pouco Todo Mundo Quase Morto, que já fazia essa ligação com o humor, a produção de Ruben Fleischer tem ótimo elenco, contando com Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Emma Stone e Abigail Breslin, além de uma participação especial de Bill Murray.

Odd Thomas

Estrelado por Anton Yelchin, conhecido por A Hora do Espanto e Star Trek, morto em 2016, após acidente, em que foi esmagado pelo próprio carro, este filme já mostrava toda qualidade do ator. Lançado em 2014, com direção de Stephen Sommers, o filme mostra a história de Thomas, um jovem com poderes clarividentes.

Após a chegada de um estranho homem, com ligações poderosas com forças obscuras, ele começa a investigar e percebe que algo grande pode acontecer na cidade.

Um Drink no Inferno

Quando você junta Robert Rodriguez, Quentin Tarantino e George Clooney, o resultado não pode ser diferente. Um grande filmes, que ainda tem atores como Tom Savini e Harvey Keitel. Com muitas violência e sangue, mostra ladrões de banco, uma família e vampiros sanguinários.

Tudo isso se junta de maneira muito interessante no roteiro escrito por Tarantino. Muito humor negro e cenas fortes fazem parte de Um Drink no Inferno, considerado um dos melhores do gênero nos anos 90.

Tubarão

Um dos primeiros filmes a ser considerado um blockbuster, Tubarão mostra toda versatilidade de Steven Spielberg. Acompanhado do compositor Jogn Williams, ele cria um ótimo filme, mesmo não tendo um grande elenco ou orçamento. Com apenas US$ 9 milhões, cria um filme que rendeu mais de US$ 450 milhões.

Venceu o Oscar nas categorias: melhor trilha sonora, melhor montagem e melhor som. Foi indicado também como melhor filme na edição de 1976.

O Enigma de Outro Mundo

Mais um filme que junta um grande diretor e um grande compositor. John Carpenter e Ennio Morricone são parceiros em O Enigma de Outro Mundo. Kurt Russell, Keith David e Richard Masur tem boas atuações nesta mescla de ficção científica e terror.

Após ser sucesso com Halloween, em 1978, o diretor já vinha gabaritado para este filme, lançado em 1982.

A Mosca

Remake de filme homônimo de 1958, A Mosca é até hoje reconhecido por sua criatividade nos efeitos visuais. David Cronenberg comanda Jeff Goldblum nesta metamorfose. No filme, após criar uma importante máquina de teletransporte, o físico Seth Brundle enfrenta problemas quando uma mosca participa de seu próprio teletransporte e modifica seu DNA.

A Noite dos Mortos-Vivos

Dirigido por Tom Savini, especialista em efeitos especiais, este remake do filme de George Romero é uma boa pedida para quem gosta de filmes de zumbi. Savini já havia trabalhado com Romero e comanda um elenco praticamente desconhecido nesta produção.

O filme não traz grandes inovações em relação a história de 1968. O roteiro é muito semelhante, sendo que os recursos visuais são melhorados, o que acontece naturalmente pela diferença de quase 30 anos entre os filmes. Não trata-se de um remake que supere o original, mas é um filme divertido para um domingo a tarde.

O Ritual

Com Anthony Hopkins, vencedor do Oscar, este filme conta com a brasileira Alice Braga, além de Colin O’Donoghue. No mundo dos exorcismos, Michael, que constantemente duvida de sua fé, acaba auxiliando o padre Lucas em um caso complicado de possessão.

O filme tem crítica mediana, foi alvo de protestos da Igreja Católica e segundo usuários de sites de cinema, apenas a atuação de Hopkins seguram a nota em nível médio.

O Ataque dos Vermes Malditos

Dirigido por Ron Underwood e estrelado por Kevin Bacon e Fred Ward, o filme se popularizou no cenário underground e tornou-se um dos ícone trash dos anos 90. Até hoje é visto com nostalgia por muitos cinéfilos, além de despertar muitos boatos sobre um remake.

Hush – A Morte Ouve

Um dos filmes originais da Netflix, que na verdade faz parcerias com as produtoras, Hush é muito criativo, com boa história e recursos visuais interessantes. Mesmo como uma produção de baixo orçamento, apresenta ótima experiência para os fãs do gênero.
Após perder a audição, Maddie vive tranquilamente em sua casa, porém quando um psicopata passa a cercar sua casa, a tensão toma conta de sua vida.

Os Escolhidos

Uma das melhores produções relacionadas a alienigenas da década, Os Escolhidos (Dark Skies), foi produzido por Jason Blum, dirigido por Scott Stewart e tem Keri Russell, Josh Hamilton e Dakota Goyo na linha de frente. Sem propriamente mostrar os aliens, o roteiro trabalha muito bem com a tensão e é criativo ao colocar elementos que de forma indireta conduzem a narrativa.

Caso 39

Iniciado em 2006, Caso 39 foi lançado apenas em 2009, tendo Renée Zellweger e Jodelle Ferland no elenco. A direção é de Christian Alvart. Lutando para salvar a jovem Lilith, a assistente social Emily Jerkins acaba entrando numa história que vai muito além da sanidade.

O Chamado

Inspirado no inovador Ringu, que lotou cinemas no Japão, O Chamado deu vida a amedrontadora Samara. Para quem ainda não viu os longos cabelos escuros de Daveigh Chase saindo do poço, trata-se de uma ótima oportunidade. O filme tem trilha sonora do genial Hans Zimmer, além da direção de Gore Verbinski e o protagonismo de Naomi Watts.

Lobo

Conhecido no cenário alternativo, Lobo chama atenção por ter Jack Nicholson e Michelle Pfeiffer no elenco. Apesar de atrair público pelo elenco, o filme tem história razoável e divertida. A direção de Mike Nichols é regular e algumas cenas de transformações caricatas, porém um filme bacana para quem não tem muitas pretenções de complexidade.

Evil Dead (remake)

Realizado por Fede Alvarez, este remake tem a produção de Sam Raimi e Bruce Campbell, conhecidos pelos três primeiros filmes. Modernizando a história iniciada nos anos 80, Evil Dead (2013) não apresenta grandes inovações de roteiro, porém da novo fôlego ao terror do livro dos mortos.

Após este lançamento, a série Ash vs Evil Dead foi produzida por Sam Raimi, tendo novamente Bruce Campbell como Ash.

Freddy vs. Jason

Dois dos maiores ícones slasher do cinema, Freddy Krueger e Jason Voorhees se enfrentam neste filme de Ronny Yu. Foi a última atuação de Robert Engulnd como Krueger, sendo considerado também um dos maiores encontros do terror no cinema. O filme tem crítica razoável, não empolgando o público, mas animando os fãs do terror anos 80.

A Entidade

Não espere um filme inovador. Espere alguns bons sustos. Essa é a síntese da experiência de assistir A Entidade. O diretor Scott Derrickson até é esforçado em criar algumas cenas elaboradas, porém o roteiro regular e algumas atuações acabam comprometendo.

Mesmo não sendo um filme genial, é uma produção interessante para quem procura um terror mais cru e alguns bons sustos.

Espelhos do Medo

“Jack Bauer corre contra o tempo para se salvar de acontecimentos sobrenaturais que colocam em risco sua vida e sua família”. Essa poderia ser uma boa chamada, mas Kiefer Sutherland na verdade é Ben Carson, não perdendo a essência que deu vida ao personagem de 24 Horas.

Com tanto tempo de série, é quase impossível não associar o ator, que atualmente faz um trabalho interessante em Designated Survivor. O filme é um remake da produção coreane Into the Mirror. Um bom filme que mescla terror e suspense.

Sangre de mi Sangre

Estreando, os diretores Esteban Roel e Juanfer Andrés dão um verdadeiro show com o filme espanhol. A história ambientada nos anos 50 tem ótima construção, além de atuações consistentes e um contexto que não é habitual para o público brasileiro. Mesmo que repita algumas fórmulas clássicas do terror, o filme tem ótimo desempenho. Uma boa indicação para quem deseja conhecer produções de países fora do circuito de Hollywood.

Extermínio – 28 Dias Depois

Presente na nossa lista de melhores filmes de terror da história, Extermínio (28 Dias Depois) soube criar uma narrativa nova para o universo zumbi. Mesclando um road movie com ideias clássicas de Romero, Danny Boyle entrega um filme muito completo e extremamente divertido para quem gosta deste sub-gênero.

Deixa Ela Entrar

Outro filme fora do circuito, Deixa Ela Entrar é do sueco Tomas Alfredson, baseado em um conto do seu país. Com elenco desconhecido e uma história sombria, típica do cinema sueco, o diretor apresenta uma ótima história, que posteriormente rendeu um remake norte-americano (assim como REC, Ringu e muitos outros filmes).

Gostou da nossa lista de melhores filmes de terror da Netflix? Identificou algum filme que saiu da plataforma? Gostaria de indicar inclusões na lista? Deixe sua opinião nos comentários ou mande mensagem no nosso Facebook!

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

A Autópsia: mais um terror desnecessário e decepcionante

A Autópsia chegou com boas recomendações no Brasil. Filme inglês comandado pelo noruguês Andre Ovedral, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *