A mãe mais aterrorizante do cinema

O dia das mães é uma data muito importante tanto para mães quanto para filhos, porem nesta data podemos também destacar a mãe mais aterrorizante da história do cinema, diretamente de década de 60 essa “mulher” causou um estrago gigantesco na vida de algumas pessoas e ainda por cima nem sequer estava viva, logo abaixo você saberá qual é a mãe mais assustadora co cinema.

Mãe mais assustadora do cinema:

A mãe mais assustadora do cinema vem da década de 70 e foi interpretada por Anthony Perkins, isso mesmo, com direção de Alfred Hitchcock o filme Psicose mostra Norman Bates, um lunático dono de um motel de dupla personalidade, que esconde o cadáver de sua mãe no porão e se veste como tal cometendo assassinatos pelo nome da mesma, em uma função de proteção a seu filho, que na verdade é ele mesmo sob ação de seu subconsciente.

mae psicose

Neste filme a “mãe” comete dois dos assassinatos mais eternizados da história do cinema, primeiramente a cena do assassinato no chuveiro, famosa até hoje e considerada por muitos o marco cinematográfico da década de 60, depois temos ainda o assassinato na escada, outro marco de Psicose.

Assassinato no chuveiro – Psicose

Assassinato na escada – Psicose

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *