Invocação do Mal: horror para quem tem nervos de aço!

Uma breve resenha de um dos maiores sucessos do cinema de horror dos últimos tempos. Um filme que definitivamente vai te causar calafrios e vai te fazer dormir com a luz acesa. Estamos falando de Invocação do Mal ( The Conjuring – E.U.A. 2013). Confira também um breve artigo sobre o caso real que inspirou o filme entre outros casos cabulosos. O Música e Cinema faz de tudo pra te ver feliz.

* Agradecimentos ao site Assombrado (www.assombrado.com.br) pelo material de pesquisa.

Invocação do Mal (The Conjuting – E.U.A. 2013) – sinopse:

            Harrisville, Estados Unidos. Um casal (Ron Livinston e Lili Taylor) muda para uma casa nova ao lado de suas cinco filhas. Inexplicavelmente, estranhos acontecimentos começam a assustar as crianças, o pai e, principalmente, a mãe. Preocupada com algumas manchas que aparecem em seu corpo e com uma seqüência de sustos que levou, ela decide procurar um famoso casal de investigadores paranormais (Patrick Wilson e Vera Farmiga), mas eles não aceitam o convite, acreditando ser somente mais um engano de pessoas apavoradas com canos que fazem barulhos durante a noite ou coisas do gênero. Porém, quando eles aceitam fazer uma visita ao local, descobrem que algo muito poderoso e do mal reside ali. Agora, eles precisam descobrir o que é e o porquê daquilo tudo acontecendo com os membros daquela família. É quando o passado começa a revelar uma entidade demoníaca querendo continuar sua trajetória de maldades.

Poster de divulgação de "Invocação do Mal" (The Conjuring)
Poster de divulgação de “Invocação do Mal” (The Conjuring)

 Elenco:

Vera Farmiga … Lorraine Warren
Patrick Wilson … Ed Warren
Lili Taylor … Carolyn Perron
Ron Livingston … Roger Perron
Shanley Caswell … Andrea
Hayley McFarland … Nancy
Joey King … Christine
Mackenzie Foy … Cindy
Kyla Deaver … April

Resenha:

      Não se fazem mais filmes de fantasmas como antigamente. Realmente não! Fazem ainda pior! Se você é daqueles que curtem sentir a espinha congelando desde o lombo até a nuca, este é o filme que suprirá todas as suas necessidades. Invocação do Mal, filme americano produzido em 2013 e dirigido por James Wan (o mesmo de Jogos Mortais e Sobrenatural 1 e 2) está se revelando a maior surpresa dos últimos tempos nesse nosso adorado gênero.

      Baseado em fatos reais (o que o torna ainda mais sinistro), o filme narra a história de um casal que acaba de comprar e se mudar para uma casa onde estão em sérios apuros com alguns eventos inexplicáveis que vem ocorrendo. Para tentar ajudá-los, entra em cena um casal de investigadores paranormais, Lorraine Warren (Vera Farmiga) e Ed Warren (Patrick Wilson). Baseado nos relatos dos moradores da casa e de tudo que observaram ao chegar no local, descobrem que aquela casa pertenceu a uma bruxa no século XIX e que esta havia sacrificado a própria filha ainda bebê em oferenda ao pé de bode e, após consumado o fato, se suicidou por enforcamento. Olha só que legal, não é mesmo? Lorraine e Ed Warren terão que utilizar todo seu conhecimento e experiência no âmbito paranormal para ajudar a família Perron a se livrar deste mal que assola suas vidas. Diante desta premissa, já dá pra imaginar os perrengues que a família Perron vai ter que passar, correto? E não serão poucos.

O demonologista Ed Warren (Patrick Wilson) às voltas com fantasmas, demônios e outras forças do além.
O demonologista Ed Warren (Patrick Wilson) às voltas com fantasmas, demônios e outras forças do além.

      O jovem diretor nascido na Malásia vem demonstrando em seus trabalhos um talento nato para provocar o medo no expectador. Conduzindo a narrativa de uma forma que prende a atenção de quem assiste e sem se utilizar de banhos de sangue e vísceras, nosso querido Wan faz nosso coração saltar da garganta apenas com o horror psicológico, aquele sentimento terrível de insegurança por não saber de onde vai surgir o perigo e quando, revelando surpresas no decorrer do longa e, quase sempre, surpreendendo no final.

      Contando com roteiro dos irmãos Chad e Carey Hayes, o filme faz uso de alguns clichês muito comuns no gênero, como relógios que param em determinada hora, pisos que rangem, armários que se abrem e fecham sozinhos, uma menina sonâmbula, que é uma das cinco filhas do casal Carolyn (Lili Taylor) e Roger Perron (Ron Livingston), que toda noite levanta de sua cama e fica batendo a cabeça no armário, uma boneca de aparência demoníaca que apronta poucas e boas, uma inocente brincadeira de esconde-esconde que se torna algo pavoroso, e até uma tensa seqüência de exorcismo, numa clara referência ao clássico atemporal O Exorcista. Está tudo lá, do jeito que nós fãs do estilo apreciamos.

Carolyn Perron (Lili Taylor) "brincando" de esconder no porão.
Carolyn Perron (Lili Taylor) “brincando” de esconder no porão.

      O clima tenso percorre toda a projeção, seja num canto escuro da casa, seja na trilha sonora macabra ou até mesmo em um diálogo entre os personagens. O diretor Wan não dá nem uma pequena aliviada no estresse; não tem praticamente nenhum humor na história para quebrar o clima, e quando ele aparece, é muito contido. Tudo isso pra deixar nossos nervos esfacelados.

      Já deu pra perceber que a trama não é nenhuma novidade, não é mesmo? Já vimos isto em outras épocas, como em Poltergeist – O Fenômeno e Amytiville (aliás, este foi outro caso famoso investigado na vida real por Ed e Lorraine Warren. Esse casal não tinha nada mais interessante pra fazer?), mas aqui ela foi tão bem trabalhada e aproveitada, que posso dizer sem pestanejar que este é o grande filme de terror do ano, ou pelo menos está entre os melhores do ano. Procure assistir este filme sozinho e com a luz apagada e você sentirá o calor de suas entranhas umedecer sua cueca (se é que você me entende). Pipoca de um lado, uma muda de roupa do outro e pau na máquina, mas não diga que não avisei.

Outro poster de divulgação do filme. Ainda mais sinistro.
Outro poster de divulgação do filme. Ainda mais sinistro.

 Mas é baseado em fatos reais mesmo, ou é conversa fiada ?

       Por incrível que possa parecer, independente da crença de cada um, isso realmente aconteceu.

O demonologista Ed Warren e a médium clarividente Lorraine Warren foram durante 50 anos o casal mais famoso do mundo quando o assunto era investigação paranormal. Sua história começa em 1952, quando os dois fundaram o New England Society for Psychic Researchgations (N.E.S.P.R.) e abriram um museu do ocultismo em Monroe – Connecticut. Eles alegaram que já pesquisaram mais de 10.000 casos e escreveram diversos livros sobre demonologia.

Uma visão geral do "Warren's Occult Museum" em Monroe, Connecticut. Uma bizarra coleção de souvenirs.
Uma visão geral do “Warren’s Occult Museum” em Monroe, Connecticut. Uma bizarra coleção de souvenirs.

O mais famoso caso que eles investigaram foi o de Amityville. O casal George e Kathy Lutz alegaram que sua casa – localizada em Nova York – estava sendo assombrada por uma violenta entidade demoníaca, que não deixou eles morarem na casa por mais de 28 dias! Então um repórter que sabia do caso chamou os Warrens para investigar. Até hoje o caso é muito debatido, pois várias pessoas dizem que o caso é uma mentira, mas Lorraine continua atualmente jurando que tudo que aconteceu foi verdade e que o local era realmente assombrado. O filme Horror em Amityville (The Amityville Horror/1979) relata o escabroso caso. Outro caso dos mais famosos investigados pelo casal Warren é o relatado em Invocação do Mal, o caso de Harrisville. O caso ficou conhecido como “Assombração em Harrisville”, ou “Assombração da família Perron”. Lorraine Warren afirma que este foi um dos casos mais perturbadores e importantes que investigou em toda sua carreira. O casal Perron e suas cinco filhas foram atormentados por uma década pelos espíritos que assombravam sua casa de campo.

A verdadeira boneca Annabelle, em exposição no museu Warren.
A verdadeira boneca Annabelle, em exposição no museu Warren.

Por fim, outro caso de repercussão na bizarra carreira da dupla de investigadores foi o caso da boneca Annabelle, aquela boneca horrorosa que aparece no filme Invocação do Mal. Ocorrido em 1970, o fato ganhou forma quando uma estudante de enfermagem chamada Donna ganhou de sua mãe uma boneca de presente de aniversário. Algum tempo depois, ela e sua colega de quarto começaram a perceber que a boneca trocava de posição a cada dia, ou seja, nunca permanecia no local onde havia sido deixada por sua dona. Elas perceberam também mensagens escritas em papel, como se fossem escritas por uma criança, mas não havia criança nenhuma no apartamento. Outro fato importante foi quando um amigo das moças, Lou, que estava sempre com elas no apartamento, afirmou que acordou sendo estrangulado pela boneca (!!).

Em uma tentativa de corrigir a situação, uma sessão espírita foi realizada. A médium informou que a boneca estava possuída por uma garotinha chamada Annabelle, que residia no imóvel antes de os apartamentos serem construídos. E com apenas sete anos de idade, o corpo de menina foi encontrado sem vida em um campo onde os apartamentos estavam construídos agora.

A medonha Annabelle do filme.
A medonha Annabelle do filme.

Ed e Lorraine Warren finalmente foram investigar depois de serem informados a respeito da boneca através de um padre que Donna tinha contactado. Por recomendação dos Warren, um exorcismo do apartamento foi realizado e, a pedido de Donna, eles levaram a boneca, onde é mantida até hoje em exposição no museu fundado por eles, localizado na cidade de Monroe, estado de Connecticut. Este é o mais antigo e único museu desse tipo em todo o mundo.

 *fonte: assombrado.com.br

 Obs.: Se tiver coragem, para saber em detalhes sobre este caso e outros de arrepiar os cabelos, acesse www.assombrado.com.br

Sobre Ricardo Costa

Casado, 42 anos, médico veterinário. É fã de música desde a adolescência, principalmente dos subgêneros mais extremos do Metal. É fã também incondicional de cinema, principalmente de horror e ação. Seu principal hobby é pesquisar e conhecer bandas novas e filmes obscuros. Trará sempre novidades acerca de lançamentos, bem como artigos, matérias e entrevistas muito interessantes para os nossos leitores

Veja Também!

chamados2

Filmes de terror 2017 – datas e detalhes de 16 lançamentos imperdíveis

O ano de 2016 trouxe algumas novidades interessantes para os fãs de terror, no entanto, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *