Intrigas de Estado – Thriller político com Ben Affleck e Russell Crowe

Filme lançado em 2009 mostra conspiração corporativa e conflito ético no jornalismo

Intrigas de Estado (State of Play) é um filme estadunidense de suspense lançado em 2009, sendo baseado na série inglesa de nome homônimo, filmada em 2003 pela BBC. A direção é de Kevin Macdonald, tendo como protagonistas Russell Crowe, Ben Affleck e Rachel McAdams.

Na trama, que adaptou os elementos do parlamento britânico para a realidade norte-americana, Stephen Collins (Ben Affleck) é um dos mais emergentes congressistas, sendo ícone na batalha contra empresas que usam a guerra como meio de enriquecer. Após a trágica morte de sua assistente, cabe ao experiente repórter Cal McCaffrey (Russell Crowe), um antigo amigo do político, a tarefa de realizar a cobertura. No momento em que a blogueira Della Frye revela um caso entre a assistente e Stephen, os holofotes da mídia apontam para o político, fazendo com que Della e Cal tenham que deixar seus interesses da lado e investigarem esta complexa história.

Intrigas de Estado

O filme evidencia muito a característica hollywoodiana, deixando sempre o elemento do personagem patriótico em evidência e levantando suspeitas e possibilidades acerca da moral do mesmo. Kevin Macdonald faz um ótimo trabalho, lembrando outras grandes direções que já havia feito, como em “O Último Rei da Escócia”. Inicialmente a ideia era contar com Edward Zwick, um dos diretores mais conceituados no Estados Unidos, porém o projeto foi recusado, deixando a oportunidade para o emergente Macdonald.

No elenco, os protagonistas também não eram primeira opção, tendo em vista que Brad Pitt e Edward Norton desistiram do projeto, algo que poderia ser muito ruim, mas no caso de Intrigas de Estado acabou abrindo oportunidades.

A atuação e o posicionamento de Crowe como Cal McCaffrey é muito boa, usando de uma fotografia escura para criar o inverso de seu amigo, Stephen Collins, que na pele de Ben Affleck vira o político boa pinta. Engraçado que em poucos anos Ben passou para o lado obscuro, em que será o novo Batman e Crowe trilha cada vez mais para personagens como o de Collins.

intrigas de estado

O começo de Intrigas de Estado pode parecer superficial, principalmente pela apresentação de muitos mistérios e o posicionamento rápido de personagens como a da blogueira Della Frye. Coube ao diretor saber conduzir isso muito bem, sendo que os dois personagens mais explorados são o da dupla de repórter, que apresentam muita sintonia com o passar do filme e conseguem formar uma dupla de mestre e pupilo. Na série original, os colegas não tem um relacionamento assim tão próximo. Ponto para o roteiro, que juntou isso muito bem na nova trama.

Ben Affleck faz mais um de seus papéis regulares, conseguindo até mesmo superar suas limitações em alguns pontos. A figura de rostinho bonito do congresso foi mantida pelo diretor, que não explorou muitas cenas do político para evitar erros clássicos de pontas soltas no roteiro.

O ponto alto do desenvolvimento é o “miolo” do filme, em que os mistérios começam a fazer sentido e o espectador já formula uma ideia sobre como as coisas acabarão. Anne Collins (Robin Wright), esposa do congressista, é talvez um dos pontos mais baixos da organização, tendo em vista que existe um relacionamento extraconjugal entre ela e Cal, no entanto trata-se de algo pouco explorado e que acaba apenas como uma resposta fácil para a intriga final.

intrigas de estado1

Em si, um filme muito bom, sem genialidades e grande investimento, porém com um enredo muito bem desenvolvido.

Ficha técnica:
Filme:
Intrigas de Estado
Título original: State of Play
Genero: Suspense/Drama
Nacionalidade: EUA
Lançamento: 12 de junho de 2009
Duração: 02h07min
Distribuidor: Paramount Pictures
Lançamento: 2009
Diretor: Kevin Macdonald
Elenco: Russell Crowe, Bem Affleck, Rachel McAdams, Jason Bateman, Helen Mirren, Robin Wright, Jeff Daniels.
Roteiro: Matthew Michael Carnahan, Tony Gilroy, Billy Ray.

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *