Campo 731: Bactérias, a Maldade Humana – um retrato de crueldade

O filme chinês “Campo 731: Bactérias, A Maldade Humana” é um dos mais polêmicos da história, retratando o dia a dia do campo 731, onde experiências bizarras eram realizadas sob o comando do general Ishii, onde pessoas eram submetidas as mais diversas torturas visando verificar a resistência do corpo humano a por exemplo congelamento, além de testes com bebês e fetos.

Campo de concentração 731

A unidade 731, também conhecida como campo 731 (pois funcionava como verdadeiro campo de concentração) se localizava na cidade de Harbin, mais especificamente no distrito de Pingfang, região localizada no nordeste da China, porém o comando era do governo japonês.

A grande unidade 731 era comandada pelo general Shiro Ishii, sendo inclusive um grande segredo que só veio a tona no final dos anos 80 e começo dos anos 90, quando vestígios deixados para trás foram descobertos, só quem sabia dessa atividade era o governo chinês e autoridades estadunidenses.

Unidade 731
Foto aérea do complexo da Unidade 731

Neste campo prisioneiros eram submetidos as mais diversas torturas, com um objetivo maior e cruel dos japoneses, que além de testar a resistência humana, queriam desenvolver armas biológicas para os constantes conflitos da época. Nestas experiências além de prisioneiros chineses, foram usadas soldados estadunidenses capturados.

Toda essa cruel realidade foi retratada no filme “Campo 731: Bactérias, A Maldade Humana”, em chinês “Hei tai yang 731” e em inglês “Men Behind the Sun”

general Shiro Ishii
General Shiro Ishii

Experiências polêmicas da unidade 731

Tudo era comandado e muitas vezes realizados por Ishii, inclusive as experiências cruéis, dentre elas estão algumas além do que o ser humano pode imaginar.

No campo tinha-se um crematório, pois as mortes eram constantes, Shino Ishii quando precisava de qualquer órgão humano (incluindo cérebro) solicitava que seus soldados os buscassem selecionando algum dos prisioneiros.

Alguns soldados eram deixados em temperaturas baixíssimas para pesquisas que visavam avaliar a resistência humana a hipotermia, como mostrado na imagem abaixo.

teste de hipotermia unidade 731
Soldados mantendo prisioneiros em estado de hipotermia

Algumas outras experiências são:

  • manter soldados de cabeça para baixo até o momento da asfixia.
  • Injeção de ar nos prisioneiros para acompanhar a degradação do copro, embolias, até a explosão.
  • Aprisionamento em câmaras de vácuo
  • Choques
  • Injeção de vírus e bactérias para testes
  • Dissecação de humanos (enquanto ainda vivos)
  • Injeção de urina de animais nos rins dos prisioneiros

Campo 731: Bactérias, A Maldade Humana não mostra nem metade das experiências realizadas na unidade 731 e também não mostra as piores delas e mesmo assim consegue ser chocante e em até certo ponto nojento, algo incrível, pois mesmo sendo “superficial” se é que podemos dizer assim, já é chocante.

Unidade 731 atualmente
Unidade 731 atualmente

Hoje tem-se pouco material sobre o campo de concentração 731 e isso é até plausível, sendo que a China nem nenhum outro país iria gostar de trazer a tona coisas terríveis como essa. Apenas algumas fotos mostram detalhes do que acontecia por lá.

Filme Campo 731: Bactérias, a Maldade Humana (Men Behind the Sun) – 1988

Sinopse Campo 731: Bacetérias, a Maldade Humana: sob o domínio de Departamento de prevenção de epidemias e purificação de água a unidade 731 através de seu líder Shiro Ishii faz os mais bizarros testes com seres humanos, desde congelamento até injetamento de vírus e testes com câmaras de gás, baseado em fatos reais este filme é extremamente chocante e mostra a realidade de um dos mais cruéis locais da história, o campo de concentração 731.

Campo 731: Bactérias, A Maldade Humana
Capa do filme

O filme é do cenário underground chinês e americano, tendo inclusive feito muito sucesso em terras norte-americanas, no Brasil ainda é pouco distribuído, até porque trata da ocupação japonesa na China e toda uma questão política local, entretanto é uma recomendação para qualquer cidadão que quer ver uma das maiores atrocidades humanas já cometidas na história, com pessoas sendo expostas a realidades terríveis como simples cobaias, assim como também aconteceu no regime alemão nazista e em tantos outros durante toda a história da humanidade (recente e antiga).

 

Sobre Leonardo Caprara

Idealizador e fundador do site, tem profunda paixão pela música e pelo cinema, desbravando os mais diferentes sub-gêneros dentro destes dois maravilhosos nichos e procurando levar o melhor conteúdo para os fiéis leitores do Música e Cinema!

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *