Birdman ou (a inesperada virtude da ignorância) – Um toque sutil de realidade

Birdman ou (a inesperada virtude da ignorância) é um filme de comédia lançado em 2014. É estrelado por Michael Keaton, ao lado de Zach Galifianakis, Edward Norton, Naomi Watts, Andrea Riseborough, Amy Ryan e Emma Stone, sob direção de Alejandro González Iñárritu. Uma referência bastante notável no filme foi de como foi conduzida a fotografia, semelhante a do clássico de Alfred Hitchcock, “Festim Diabólico (1948)”, filmando várias sequências com poucos cortes.

Imagem (8)

 

A história é a seguinte: um ator, Riggan Thomson (Michael Keaton), que depois de estrelar uma série de filmes interpretando o super-herói “Birdman”, recusa reprisar seu papel para mais uma sequência, após isso, vê sua carreira desabar. Ele arrisca tudo para produzir uma peça de teatro para a Broadway, para provar seu talento para o público e crítica, e em fim ter o reconhecimento que merece. Mas isso não vai ser uma tarefa simples, Thomson tem de lidar com a crítica que não larga do seu pé, com os atores temperamentais de sua peça, com sua filha (Emma Stone), a qual Thomson não tem um bom relacionamento, e com seu alter ego que se mostra através daquele por quem Thompson brilhou durante anos: “Birdman“.

Birdman traz um ponto muito curioso, a semelhança da história do filme com a carreira de Michael Keaton, que em 1989 interpretou “Batman, do diretor Tim Burton e sua sequência de 1992, “Batman – O Retorno. Logo depois,  Keaton – igual ao seu personagem em Birdman – decidiu não reprisar seu papel como o Homem-Morcego  em Batman Eternamente, e aos poucos foi perdendo destaque no ramo do cinema. Foram poucos os papéis importantes que ganhou.

Birdman foto 01

Não conheço muito o trabalho de Alejandro González Iñárritu, sei que ele foi muito aclamado por 21 Gramas (2003) e Babel (2006),  Birdman é o primeiro trabalho do diretor que assisti. Primeiramente, quem ainda não conhece muito o filme pensa logo que é mais um longa de super-herói que é empurrado para o público, mas não, Birdman é um filme que é real e irreal ao mesmo tempo. Sua atmosfera nos faz conhecer personagens que talvez nós possamos nos identificar, assim como é também uma sátira ao ramo cinematográfico, e por que não dos próprios atores? Todos estão ali para transmitir o que possa ser os bastidores na produção de um filme ou peça. Conflitos criativos entre diretor e o ator com ego inflamado, problemas pessoais entre membros do elenco, um produtor pra lá de chato, pessoas que ao invés de ajudar só atrapalham, críticos que acham que podem decidir o que é bom e o que não é, em fim toda a gama que envolve o cinema e o teatro. Thomson (Keaton) também é perturbado por sua consciência que se manifesta através de Birdman, que de todo modo tenta o convencer a voltar a ser aquele ator de antes, tentando transmitir uma imagem de grandeza, e que juntos eles voltariam a ser imbatíveis como antes.

Acredito que Birdman é o retrato da realidade de muitos astros do cinema hollywoodiano. Um dia você está no topo, no outro, pode estar bem abaixo dele. Talvez, o desafio de muitos atores e atrizes é retirar o rótulo que receberam por terem feito um personagem que “marcou”, independentemente de ser super-herói ou não. Posso até estar enganado, mas atores como Tobey Maguire, Daniel Radcliffe, Sam Neill, Alicia Silverstone – os mais antigos – Ralph Macchio, Christopher Lambert, Molly Ringwald, Anthony Michael Hall, Robin Shou, entre outros, não conseguiram perder a imagem dos grandes personagens que fizeram. Alguns devem ter se afastado das telas devido a problemas pessoais, outros para curtir novas experiências, traçar outros caminhos, mas o mais complicado é conviver com esse personagem que boa parte das pessoas não cansa de estampar nos atores, como se eles servissem apenas para fazer aquilo e pronto, sem ter grandes expectativas de encarar os riscos e experimentar algo diferente daquele personagem que já fez.

Birdman elenco

Contudo, Birdman, pra boa parte das pessoas pode ser um filme chato, medíocre ou pouco inteligente, mas fez boa parte do público viajar no seu universo sereno e ao mesmo tempo agitado, destaque para Michael Keaton que se dedicou bastante ao seu personagem, tanto que quase lhe rendeu a estatueta de Melhor Ator, mas não só ele merece elogios, mas Edward Norton no seu desempenho como o ator cheio de manias Mike Shiner – que lhe rendeu indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, Naomi Watts como a ex-namorada de Mike e que tenta reerguer sua carreira, e Emma Stone como a filha problemática, que está tentando largar as drogas – papel que rendeu indicação como Melhor Atriz Coadjuvante.

Galeria de Fotos

Ficha Técnica:

Título Original: Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance)
Ano de lançamento: 2014
Gênero: Comédia
País de Origem: Estados Unidos
Duração: 119 minutos
Direção: Alejandro González Iñárritu
Roteiro: Alejandro González Iñárritu/ Nicolás Giacobone/ Alexander Dinelaris Jr./ Armando Bó
Estúdio: Regency Enterprises/ New Regency Productions/ M Productions/ Le Grisbi Productions/ TSG Entertainment/ Worldview Entertainment
Distribuição: 20th Century Fox
Orçamento: US$ 18 milhões
Bilheteria: US$ 103, 2 milhões

Elenco de Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Michaek Keaton como Riggan Thomson
Edward Norton como Mike Shiner
Emma Stone como Samantha “Sam” Thomson
Naomi Watts como Lesley Truman
Zach Galifianakis como Jake
Andrea Riseborough como Laura Aulburn
Amy Ryan como Sylvia Thomson
Lindsay Duncan como Tabitha Dickinson
Merritt Wever como Annie
Jeremy Shamos como Ralph
Damian Young como Gabriel
Frank L. Ridley como o Sr. Roth

Elenco de dublagem brasileira de Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Luiz Antônio Lobue: Riggan Thomson (Michael Keaton)
Wendel Bezerra: Mike Shiner (Edward Norton)
Samira Fernandes: Samantha “Sam” Thomson (Emma Stone)
Letícia Quinto: Lesley Truman (Naomi Watts)
Alexandre Marconato: Jake (Zach Galifianakis)
Maira Paris: Laura Aulburn (Andrea Riseborough)
Cecília Lemes: Sylvia Thomson (Amy Ryan)
Rosinha Baroli: Tabitha Dickinson (Lindsay Duncan)
Alessandra Merz: Annie (Merrit Wever)
Fritz Gianvitto: Ralph (Jeremy Shamos)
Cesar Marchette: Gabriel (Damian Young)
Luiz Carlos de Moraes: Sr. Roth (Frank L. Ridley)

Estúdio: Dublavídeo (SP)
Direção de dublagem: Vanessa Alves
Tradução: Alexandre Arcanjo

Créditos: DVD – Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Sobre Jackson Tavares

Admirador do cinema, aprecia todos os gêneros cinematográficos com objetivo de levar ao leitor o que há de melhor do assunto.

Veja Também!

a-chegada2

A Chegada: filme sobre aliens deixa lições para os humanos

É curioso que um dos sons mais agoniantes seja o do silêncio. Simon & Garfunkel já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *